23 de julho de 2011

Desígnio

Nem todos os meus sorrisos mostram felicidade
Nem todas as minhas lágrimas caem de tristeza,
Talvez a minha dor nem sempre seja ruim,
Talvez a sua volta seja mais uma incerteza.

Eu já não sou mais a mesma que você deixou,
Fui obrigada a mudar, se contente com isso,
Em meio à bala perdida e o precipício,
Eu resolvi escolher a minha própria existência.

Refiz meus passos, sarei feridas,
Fiz escolhas e não me arrependi.
Apaguei seus passos e permaneci,
Saí do disfarce de menina, me tornei uma mulher.

Fui magoada sim, não vou enganar,
Mas, hoje, encontrei o meu lugar,
E sem medo escolho coisas para mim,
Em segredo te tirei, te afastei e iniciei um fim.

0 Comentários:

Postar um comentário