22 de fevereiro de 2012

Almas gêmeas.

“Ele apenas silenciou e abaixou a cabeça, fazendo com que meu coração palpitasse na esperança de ouví-lo falar novamente...”

Os seus olhos continuam tomando meus sonhos,
E o meu coração deseja estar com você a cada batida,
Fazendo dos meus planos algo que já passou,
Desejando você voltar de cada partida.

Em meio a tanta agitação de sentimentos,
Eu ainda continuo na certeza de que estaremos juntos,
Faço planos mirabolantes, porque com você poderei realizar,
E nesse amor tão inconstante, cada ida, poderei te encontrar.

Com a voz quase falha, grito seu nome,
E sei que cada retorno seu valerá a pena,
Sonhando em ser dona do seu sobrenome,
Seremos para sempre almas gêmeas.


0 Comentários:

Postar um comentário