9 de junho de 2012

É que eu sinto sua falta, sabe?

Eu preciso voltar para seus braços,
Minha casa, minha vida é com teu cheiro.
Eu sinto sua falta, sabe?
E já não suporto toda essa distância e frieza,
Talvez eu tenha medo do que você possa dizer,
Mas sinto sua falta, sabe?
E quando me levanto da cama, caminho até a cozinha,
Olho em volta e sinto o desejo de ter você.
Eu necessito dos seus olhos, ao menos eles me fazem acreditar que tudo existe.
Eu preciso ir, mas você pode me deixar entrar?
Eu prometo que não vou te ferir. Talvez tenha feito isso.
Eu posso te dar o mundo que você tanto sonha,
Olhar em seus olhos e fazer seus desejos se realizarem,
Eu sei que as coisas estavam difíceis, e que você está tentando fugir,
Mas não posso te deixar, eu não sei viver sem você.
É que eu sinto sua falta, sabe?
Não me diga adeus, antes de revivermos mais uma vez, mais intensamente.
É que eu sinto sua falta, sabe?
E eu preciso voltar para seus braços, e sentir teu cheiro.
Volte pra mim, porque em seus braços, estou em casa.
Morro de saudade, e você sabe!

0 Comentários:

Postar um comentário