22 de junho de 2012

Horas Iguais.

As horas iguais no relógio me enganam,
Fazendo meu coração acreditar que seu pensamento está em mim,
Maltratando minha pobre alma apaixonada,
Que se estica e se esforça para tocar você.

O tempo corre devagar, esperando que você chegue,
Mas parece que quanto mais o tempo passa, a distância se aproxima,
E me entrelaça com rimas, que destroem minha paixão,
O amor, então, ele continua esperançoso.

Mantenho meu coração quente,
Apenas com lembranças suas,
O teu rosto e teu olhar, dentro dos meus pensamentos,
E esse sentimento querendo disfarçar, você aparece todo tempo.

As horas iguais no relógio me afligem,
Será que você está pensando em mim?
Esse meu coração tão amargurado,
Faz meus lábios dizerem que sim.

0 Comentários:

Postar um comentário