22 de julho de 2012

Beber para emudecer .

Ela permanecia em silêncio, mesmo tendo que ouvir tantas reclamações e mágoas de outras pessoas, ela permanecia em silêncio. Aos amigos, sempre tinha conselhos, palavras e conforto a oferecer, mas há tempos ela se cansou de sempre 'oferecer' e não ter nada para 'receber'. Para os seus problemas, não havia ninguém para aconselhar, para suas dores não haviam remédios, e o seu coração estava cansado de falar, de falar, de ouvir reclamações, mas nunca ouvir soluções para as dores dela, e nesta noite ela resolveu silenciar, passou horas e horas de frente para a piscina da sua casa, pensando em afundar sua cabeça ali, e poder esquecer suas dores e seus problemas que pareciam sem solução. Ela sentia seu coração disparar, e uma agonia que parecia sugar sua respiração, e os seus problemas aumentavam, porque não havia quem a escutasse, então com uma dose de uísque na mão, ela sobe para seu quarto e decidi afogar as mágoas, seu celular começa a tocar, mas ela não vai atender, uma dose de uísque com calmante, porque nesta noite ela quer ficar em silêncio. 

2 Comentários:

Gugu Keller disse...

Quando a vida é feita de concessões, toda fuga tende a valer a pena.
GK

Luara Potiguara disse...

É fato, mesmo que a essa fuga seja para uma sala sem saída.

Postar um comentário