22 de julho de 2012

Divinamente proibido .

Não deixe que meus olhos derrame lágrimas que tanto temo, por favor, permaneça aqui a cada partida. Por favor, mantenha o equilíbrio do meu surreal, com o mundo real, porque sem você, eu desabaria. O que posso fazer com todo esses planos em minhas mãos, se você não está pronto para assumir que existe algo mais forte do que nós mesmos, e foge desse sentimento tão divinamente proibido, fazendo meu coração duvidar da existência do amor de verdade, mas quando olho pra você, sinto que existe algo maior que nós mesmos, onde não há como lutar, por mais que escapemos, existe algo que sempre nos juntará. Eu peço que você olhe para mim e veja onde estou, eu estou num abismo, posso cair? E quando eu estiver em meio a queda, você saltará e me salvará, ou me deixará partir? Não deixe que eu salte sem você, porque você é a minha força para voar, e os nossos traços foram feitos para um completar o outro, e por mais que seja proibido, o meu coração implora, mesmo que esteja longe, fique comigo. Permaneça aqui, e se não estiver em meus braços, você permanecerá firme em meu coração. 

2 Comentários:

Helder Leite disse...

Essa parte" o que posso fazer com todos esses planos em minhas mãos, se você não está pronto para assumir que existe algo mais forte do que nós mesmo " e meu vey super eu chorei.

Luara Potiguara disse...

Emmely, temos uma identificação total, você sabe!

Postar um comentário