26 de julho de 2012

Eu e meus amores viciosos .

Queria poder confessar o nome das paixões que tive, ilusões que criei e crença de que a máscara de homens que os meninos que me envolvi usavam, poderiam se tornar reais. Ah, mas eu queria poder denominar cada um deles e falar os defeitos e as qualidades, e o quanto me iludiram, mas o quanto eu sorrir e comentei detalhes sobre eles com minhas amigas. E aqueles que ainda me ligam, me chamando pra sair, esses são os melhores, porque esses eu ainda dou chance de serem idiotas o suficiente de não me ligarem mais, porém, eu os atendo e faço o jogo deles, isso é o melhor, saber que eles ainda pensam que me abalam ou me fazem sentir alguma coisa além de nojo por ter me envolvido. Se eu pudesse denominar e fazer uma lista, igual a que eles fazem, dando lugares como animais, dizendo qual foi o melhor e o pior, e nem me arrepender de sorrir e comentar. Mas não vou me dar o luxo de descrever e escrever o nome de todos, paixões eu tive muitas e a maioria não merece nem ser lembrada. 

0 Comentários:

Postar um comentário