7 de março de 2013

Pouco tempo.

Temos tão pouco tempo, amor.
E as horas passam ousadas, desesperadas pra nos afastar.
E meu coração entristecido e angustiado por saber que sua ausência está presente.
E meu desejo de fugir dessa angústia é vão.

Temos tão pouco tempo, amor.
Me pergunto porque parece ser tão doloroso, se eu consigo aguentar,
Mas a distância parece ser maior,
E o meu medo de perder é incontrolável.

Temos tão pouco tempo, amor.
E o que farei enquanto esse tempo correr,
E essa angústia me amedrontar?

Temos tão pouco tempo,
Que até mesmo o tempo está tendo medo de passar.
Temos pouquíssimo tempo.

0 Comentários:

Postar um comentário